Rogério Vital
+55 84 9985.0823
foto@rogeriovital.com.br

Praia de Maracajaú recebe etapa do Campeonato Brasileiro de Kitesurfe

 A praia de Maracajaú a 45 km de Natal, e município de Barra de Maxaranguape, e foi o cenário da terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Kitesurfe.a segunda edição do Maracajaú Kite Fest é considerado uma das principais competições mais importantes da modalidade no Brasil. O evento aconteceu no período entre os dias 12 e 15 de outubro.

  cerca de 100 kitesurfistas profissionais estiverem presente,entre eles o bicampeão mundial,Carlos Mário "Bebê", que participou do Mundial na Turquia, em outubro. Atletas de todo Brasil estiverão presente no evento. o Rio Grande do Norte, Paraíba, Ceará, Pernambuco, Rio de Janeiro e Santa Catarina também garantiram participação. O Maracajaú Kite Fest integra o calendário da Associação Brasileira de Kitesurf (ABK),nas categorias Hydrofoil e Freestyle. O evento  distribuir cerca de R$ 20 mil em dinheiro.
  A população foi inclusa dentro da atividade econômica que envolve o esporte, os organizadores do evento ofereceram  curso gratuito de "Conserto e reparos de equipamentos", que foi ministrada pela Oficina Extreme durante o campeonato.
explica um dos organizadores do evento, Henrique Costa.
 Maracajaú é conhecida como o "Caribe brasileiro" com ventos constantes que favorece a pratica do kitesurf. os organizadores já estão trabalhando para organizar o próximo Mundial da modalidade em 2018.

Veja as fotos.

Silvana Lima assume liderança do ranking QS na Espanha

 A cearense Silvana Lima voltou ao topo do ranking do WSL Qualifying Series, como terminou no final do ano passado. Ela foi a grande sensação do sábado na Espanha, fazendo uma bateria incrível somando duas notas 9,33 no maior placar do QS 6000 Pull&Bear Pantin Classic Galicia Pro. No entanto, o mar ficou ruim na Playa de Pantin durante as semifinais e faltou onda para ela repetir as boas atuações. A havaiana Coco Ho já tinha barrado a equatoriana Dominic Barona nas quartas de final e passou pela brasileira para conquistar sua segunda vitória consecutiva na Europa. A decisão do título na Espanha foi contra a norte-americana Caroline Marks e Coco Ho entrou no grupo das seis indicadas pelo ranking do QS para o World Surf League Championship Tour.A havaiana já faz parte da elite das top-17 que está no CT esse ano, porém de fora da lista das dez primeiras colocadas que são mantidas na divisão principal para o ano que vem. Agora, Coco Ho passa a garantir sua permanência pelo G-6 do QS, assim como já estão fazendo a nova líder do ranking, Silvana Lima, e as australianas Keely Andrew e Bronte Macaulay. 

  Silvana fez uma bateria incrível na quarta de final contra Keely Andrew, registrando o maior placar do campeonato, 18,66 pontos, com duas notas 9,33 recebidas na melhor apresentação da semana nas ondas da Playa de Pantin. Depois, competiu numa hora ruim do mar nas semifinais e foi barrada por Coco Ho por apenas 9,67 a 6,27 pontos.
  Entre as seis que estão se classificando para o CT 2018, uma das novidades em relação as tops desse ano é Caroline Marks, de apenas 15 anos de idade, que subiu da sexta para a terceira posição no ranking com o vice-campeonato em Pantin. A californiana já tinha sido a grande surpresa na etapa passada do QS 6000, só parando nas semifinais do Paul Mitchell Supergirl Pro em Oceanside, na Califórnia, onde ficou em terceiro lugar.Além de Caroline Marks, a outra novidade para o CT 2018 que está se classificando pelo QS é a neozelandesa Paige Hareb, que está fechando o G-6 no momento. Coco Ho foi a única a entrar na lista em Pantin, na vaga da australiana Philippa Anderson, barrada pela equatoriana Dominic Barona nas oitavas de final que abriram o sábado na Galícia. Dominic depois perdeu para a campeã Coco Ho nas quartas de final e terminou em quinto lugar, saindo da 19.a para a 15.a posição no ranking das 32 etapas completadas na Espanha.

Dominic Barona (Foto: Masurel – WSL)

PERNA SUL-AMERICANA – O calendário feminino agora tem só mais uma etapa com status máximo QS 6000, a que vai fechar o WSL Qualifying Series 2017 nos dias 2 a 5 de novembro em Sydney, na Austrália, que no ano passado foi vencida pela brasileira Silvana Lima. Antes, a WSL South America vai promover uma inédita “perna sul-americana” do QS feminino, com três etapas em outubro para definir a campeã regional da temporada.

A série vai começar pelo já tradicional QS 1500 Maui And Sons Pichilemu Pro, de 6 a 8 de outubro nas ondas desafiadoras de Punta de Lobos, no Chile. Depois, tem duas estreias no calendário da World Surf League. A primeira é no Brasil, o QS 1500 Neutrox Weekend de 20 a 22 de outubro na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. A outra é no Peru, o QS 1000 Reef & Paris Women´s Pro fechando o mês de outubro nos dias 28 e 29 em San Bartolo.

Veja as fotos.

XTerra Camp Rota Do Sol: Muito Vento, Sol E Adrenalina Em Pirangi

   Xterra Rota do Sol 2017! Vento, sol e muita adrenalina durante todo sábado, 2 de setembro, nas areias, trilhas e calçamentos de Pirangi, na cidade de Parnamirim, Grande Natal. A edição potiguar do XTerra Camp Rota do Sol 2017 contou com um dia ensolarado e com muito vento, contribuindo para muitas emoções e superação para a turma do Cross Triathlon pela manhã e para os corredores do Short Trail Run, á tarde.

  Os 100 atletas do “nada, pedala e corre” largaram pontualmente às 8h30 para natação, 750m. Após 1h27m, o paranaense Felipe Moletta garantiu a sua quarta vitória em 2017 no Circuito XTerra, colocando pouco mais de 2 minutos de diferença para o natalense Cid Barbosa (1h29m54s).
  No feminino do XTerra Camp Rota do Sol 2017, Vanessa Gobbo venceu pela terceira vez e se torna a Miss XTerra Camp Rota do Sol. “É sempre muito bom correr aqui no RN. O vento hoje foi um desafio a mais na prova. Mas o visual da prova compensa qualquer dificuldade”, comentou Gobbo, que indica demais, a todos os competidores a vir participar das provas realizadas no Rio Grande do Norte. O Xterra Camp Rota do Sol contou com total apoio da Secretaria de Esportes e Lazer de Parnamirim, que deu todas as condições necessárias para o evento. O Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e de Trânsito marcaram presença contribuindo com toda logística da prova também.
  Os atletas puderam ainda contar com hidratação durante todo o evento e toda uma estrutura na Arena da Prova na orla de Pirangi, com distribuição de frutas, energético Mormaii e muita água. Além de massagem, food truck e ações de parceiros. A loja itinerante da Rapanui Bike Store foi uma das mais procuradas pelos participantes e pelo público, assim como o stand da E-Esolar, empresa de energia solar fotovotáica, patrocinadora da prova.SHORT Trail Run
  A partir das 15h30 foi a vez da prova de corrida fora de estrada do XTerra ser destaque pelas trilhas de Pirangi. O Shotr Trail Run contou com 150 corredores dispostos a encarar os 7,4 km de prova on e off road com travessias de ponte, rios, descidas e subidas e muita emoção.
  A seridoense, Maria das Graças de Jardim do Seridó, venceu a prova entre as mulheres e estava realizada pelo primeiro lugar e pela corrida. “Nunca tinha feito uma prova tão legal e apaixonante como essa. Indico demais e já estou esperando as próximas”, disse Maria, com 45 anos e muita disposição.
  Entre os homens, a vitória ficou com Klebson Gomes que percorreu os 7,4 km de trilhas e desafios em 27m58s, superando vários adversários fortes do RN e de outros estados. “Valeu a pena demais. É uma prova diferente para quem está acostumado a correr na rua, mas é muito empolgante”, concluiu.
 
   Rapanui Bike Store
 
Mais informações sobre a Xterra Camp Rota do Sol e todo o circuito podem ser obtidas na Rapanui (Avenida Salgado Filho, 2850, Loja 7): (84) 2030.9333. O Xterra Camp Rota do Sol é uma realização da Rapanui Bike Store, com o patrocínio da E-Esolar, Ecocil e Energético Mormaii. O apoio é da Specialized, Thule e PG Prime com a parceria da Prefeitura Municipal de Parnamirim e da Setel – Secretaria de Esporte e Lazer de Parnamirim.
 
O XTERRA CAMP ROTA DO SOL NAS MÍDIAS SOCIAIS: @XTERRABRAZIL E @RAPANUIBIKESTORE E PELAS HASHTAGS #XTERRABRAZIL , #XTERRACAMPROTADOSOL E #RAPANUIBIKESTORE .

Veja as fotos.

DETONAÇÃO SUMMER DE SURF 2017

                       DETONAÇÃO SUMMER DE SURF 2017

 
 
 O paraibano Elivelton Santos comemorou o título de grande campeão OPEN do circuito Detonação Summer de Surf no ultimo dia 28/29 de janeiro 2017 na praia de Tabatinga-RN. Vencedor da primeira etapa, o surfista natural da Baía da Traição levou de prêmio uma prancha zero para casa. Numa final super disputada, Elivelton, abrindo vantagem em relação aos outros competidores. Ele continuou focado,Paulo Henrique estava sempre na sua cola com boas manobras chegou ameaçar o primeiro lugar, com bons aéreos nas ondas que pegava. Líder absoluto, Elivelton finalizou a bateria levando o título da categoria OPEN da etapa na Praia de Tabatinga-RN, neste domingo (29).
 
 Com muita gente na praia, a torcida impulsionava também os atletas locais que estavam na disputa de outras categorias.como na Junior vencida pelo potiguar Geovani Arlves e o outro potiguar Ericson Dias venceu na Mirim.e mais uma categoria vencida pelo potiguar Dede Cabral na GrandKahuna e Nino Junior na Kahuna. Junior Rocha com toda sua experiencia no surf faturou o troféu na Sênior.e o universitário Renan Pinheiro garantiu a sua categoria. Saulo Carvalho (Pb) foi mais um destaque Paraibano vencendo duas categorias, Master e GandMaster,na categoria feminino deu mais um troféu para Paraibana Edjane Oliveira.
 
 A próxima etapa do circuito Detonação Summer de surf 2017 acontecerá dia 27/28 de Maio na praia de Baia Formosa-RN e fechando o circuito dia 9/10 de setembro na Lajinha uma famosa praia da Pipa-RN.

Veja as fotos.

Free Surf Classe "A" em Ponta Negra

 O potiguar Jadson André está constantemente em busca de aperfeiçoamento no surf.De férias em Natal, ele se diverte com os amigos no quintal de casa, a linda e bela praia de Ponta Negra-RN,uma das suas melhores manobras é o aéreos não se satisfaz com nada menos que o aperfeiçoamento nos treinos. 
 
Ele é um dos surfistas mais dinâmicos em cada evento. Ele eliminou qualquer dúvida quanto a merecer estar na elite do surf mundial. Quando criança seu sonho era tornar-se jogador profissional de futebol e chegou a participar do peneirão do ABC-FC (como os pais queriam), mas quando seu tio George Azevedo da Silva (tio Bem) o levou para surfar, sua vida tomou outro rumo. Em contato com o mar, todo seu esforço e foco foi para o surf e ele hoje está entre os melhores atletas do mundo do surf, no topo . Respeitado por todos os companheiros e amigos, Jadson André agora figura constante no circuito profissional de surf.

Veja as fotos.

Ponta Negra vista do alto

 O potiguar Rodrigo Braga realizou um dos vôos de paraglider mais lindos do nosso litoral,na belíssima praia de Ponta Negra-RN.  Em uma experiência única,Rodrigo passou alguns minutos no ar. Velejador de kitesurf há 9 anos, ele tinha um desejo:“sempre sonhei em voar sobre as  praias potiguares.É um lugar lindo, imponente, que tem muita força.Comecei a  me aprofundar na ideia de realizar um voo por aqui e descobri que Ponta Negra  tem um dos melhores lugares urbanos de voo. Rodrigo, aos 36 anos de idade, acrescentou mais uma experiência ao seu vasto currículo. Todo o voo foi registrado em fotos, com imagens incríveis.

Veja as fotos.

DAYA,Verão em alto estilo

 Para curtir o verão em alto estilo, a DAYA dá a dica do look.

Daya
Verão 2017 - inspiração e referências 
Do nosso belo litoral vem a inspiração para o Verão 2017 Daya.   
Cores, formas, texturas...os elementos presentes nas estampas;
A perfeita harmonia entre tons, entre temas... 
A fluidez e a leveza das peças;
O conforto das fibras naturais.
A delicadeza dos acabamentos peletizados, os efeitos naturais de desgaste...
Em cada tema da coleção, uma declaração de amor a natureza exuberante do litoral brasileiro.
O desejo, cada vez maior, de fazer parte, de viver melhor e em harmonia com a natureza. 
Se integrar e preservar.
Viver, sentir... se sentir parte. 
O Verão 2017 Daya, como uma brisa que vem do mar, nos leva, de pés descalços, 
a uma praia de areias brancas,deserta, iluminada pelo sol da manhã, embalada por mansas ondas.
Imenso coqueiral que se estende em sombras.... dançando ao sabor dos ventos.
O encanto das falésias... das areias coloridas...
A profusão dos verdes, da mata nativa, guarda os perfumes das flores... raras frutas e sabores.
E por fim, o Mar. Por hora calmo em seu azul mais profundo, a convidar...
Banho de mar.
Milena Schincariol Vem escolher o seuMarca de moda infantil.
 
Com fabricação própria, 
preocupação social e ambiental; 
oferemos produtos de alta qualidade 
e não deixamos de lado a preocupação 
com o conforto da criança

Veja as fotos.

Elivelton Santos, o grande campeão do Circuito Rota do Mar Pro Surf 2015

Antes mesmo da final da categoria Pro, o paraibano Elivelton Santos já pôde comemorar o título de grande campeão do Circuito Rota do Mar Pro Surf 2015. Vencedor da primeira etapa, o surfista natural da Baía da Traição somou pontos ao longo do circuito e levou o prêmio de 3 mil reais em dinheiro para casa. Mas o melhor ainda estava por vir: numa final super disputada, Elivelton cravou um 8,25 com uma manobra kerr up, abrindo vantagem em relação aos outros competidores. Ele continuou focado e tirou um 9,75, melhor nota do dia, com dois aéreos seguidos na mesma onda. Líder absoluto, ele finalizou a bateria levando também o título da etapa na Praia do Amor, na Pipa, neste domingo (29).

Com muita gente na praia, a torcida impulsionava também os atletas locais que estavam na disputa – Rafael Joaquim, Madson Costa e Paulo Henrique. Rafael, que foi campeão na categoria Open, tentou alcançar Elivelton executando manobras aéreas e um floater que lhe garantiu uma boa nota, mas não o suficiente para conquistar a liderança. Madson e Paulo também apresentaram um excelente surf, reconhecido inclusive pelo campeão Elivelton. "Essa bateria foi muito difícil, pois competi com grandes atletas, excelentes surfistas que são experientes. O Rafael mereceu muito o prêmio da Open e merecia ganhar essa também. Graças a Deus consegui um excelente resultado e agradeço à Rota do Mar pela oportunidade. Circuitos como esse incentivam o esporte e valorizam os atletas", destacou.

A etapa na Praia do Amor definiu não somente os vencedores que competiram neste final de semana, como também quais competidores ganharam o circuito, de acordo com a soma de pontos de todas as etapas – a primeira em abril, em Fortaleza-CE, e a segunda em julho, em Maracaípe-PE. Ao todo, foram distribuídos cerca de R$ 30 mil em dinheiro e R$ 36 mil em produtos e pranchas. A cerimônia de premiação contou com a presença do diretor da Rota do Mar, Arnaldo Xavier, do governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria e do secretário estadual de Turismo, Ruy Gaspar.

Finais

Na final do Infantil, disputa ponto a ponto entre o potiguar Jurgen Marinho e o paraibano Reginaldo Silva. Com mar calmo e ondas curtas, ambos apostaram em manobras aéreas e rasgadas. Reginaldo liderou toda a bateria com vantagem apertada em relação ao Jurgen, que, nos últimos minutos, entrou numa onda e aproveitou todas as suas possibilidades, finalizando a manobra já no inside. A estratégia garantiu a virada e o garoto de apenas 10 anos, morador da Pipa, levou o título e saiu da água carregado pela torcida. "Tô muito feliz, foi muito irado!", disse. Emocionada, a mãe do pequeno agradeceu o apoio da Prefeitura de Tibau do Sul, da Federação de Surf do RN e da Agência Cuca, que patrocinaram a inscrição. "Não tenho palavras para descrever minha alegria. Agradeço a todos que acreditaram no meu filho", comentou Virgínia Marinho. Somando os pontos, Jurgen também levou o título do circuito.

Se não deu pro Reginaldo na Infantil, não teve para ninguém na Iniciante. O paraibano de 12 anos liderou mais uma vez toda a bateria e segurou o título. Ao sair da água, ele foi recebido pelo Elivelton Santos, campeão do circuito, em quem disse se inspirar. "Eu me inspiro muito no Elivelton, quero fazer umas manobras aéreas iguais às deles", contou. O garoto que treina todos os dias em João Pessoa disse ainda que sonha em seguir carreira no surf e se tornar um atleta profissional como o atleta Gabriel Medina. No somatório de todas as etapas, Reginaldo também conquistou o primeiro lugar no circuito.

Na categoria Mirim, o vencedor foi o potiguar Victor Costa, de 16 anos. "Tô muito feliz, vim treinando muito. Essa conquista é resultado de muito treino e muito suor", explicou. Ele, que treina na Praia de Ponta Negra, apostou em manobras como batidas e rasgadas e abriu boa vantagem em relação aos demais competidores durante toda a bateria. Com o anúncio do título, ele saiu da água nos braços da torcida. Apesar da vitória de Victor na etapa, ele ficou em segundo lugar no circuito. O vencedor geral foi o cearense Alexandre Camargo.

Depois da garotada, foi a vez das meninas caírem na água. Com as ondas ficando maiores mas com a maré ainda baixa, a potiguar Alessandra Ramos mostrou mais ousadia e criatividade, conquistando a liderança da bateria desde o início. "Me surpreendi com meu desempenho, pois a maré nessas condições dificulta a realização de manobras. Mas estou feliz, pois mesmo assim eu consegui um excelente resultado", enfatizou. Alessandra tem 22 anos e faz parte do projeto social Filhos da Mãe, uma escolinha de surf para jovens da comunidade de Mãe Luiza, em Natal. O título do circuito ficou para a pernambucana Ramayana Silveira.

Na final da Senior, a disputa foi ponto a ponto entre todos os competidores. A cada manobra, a liderança da bateria era alternada. Mas quem levou a melhor foi o local Tom da Pipa, que conquistou uma boa nota já nos minutos finais com um backside. Ao sair da água, ele reconheceu o grau de dificuldade da competição. "Essa foi uma bateria muito disputada. Tive a honra de correr só com excelentes atletas e graças a Deus, consegui me destacar. Estou muito feliz e muito agradecido à Rota do Mar e à Fesurf-RN pela realização do campeonato que possibilitou minha vitória em casa", explicou. Tom foi vice-campeão do circuito e o título ficou para Isaías Silva (CE).

Na Junior, parabéns em dose dupla para o campeão Israel Junior, de Baía Formosa. Ele levou o título da categoria no dia em que completa 18 anos. Ele, que também correu na Pro, mas ficou fora das semifinais, comemorou o resultado conquistado. "Treinei muito e sei que apresentei um bom surf durante o circuito. Infelizmente não consegui avançar na Pro, mas estou muito feliz de ter levado o prêmio da Junior, ainda mais num dia tão especial para mim", destacou. O título do circuito não foi para Israel, mas ficou para o potiguar Raul Bormann.

Quando os finalistas da Longboard caíram na água, a maré já estava mais cheia e as ondas maiores, possibilitando a apresentação de manobras mais elaboradas. A liderança ficou entre Leo Macedo (RN) e Romualdo Nascimento (PE), que apresentaram uma diferença mínima de pontos durante os 15 minutos. Executando hang fives e cutbacks, o natalense Leo Macedo, que treina na Praia de Ponta Negra, ficou com a primeira colocação ao final da bateria. "É muito bom que a Rota do Mar realize esse circuito e valorize o Longboard, que é uma categoria diferenciada. São poucos os campeonatos para nós, então quero parabenizar todos os idealizadores", lembrou Leo. O pernambucano Romualdo foi quem venceu o circuito.

A disputa final de Open foi uma das mais emocionantes do dia. A torcida na areia deu ainda mais força ao local Rafael Joaquim, que, a cada manobra, arrancava aplausos do público. Os surfistas Emanuel de Souza (PB) e Paulo Henrique (RN) alternavam a segunda colocação a cada onda. O cearense Isaías Silva também mostrou muita garra durante a bateria, mas Rafael confirmou o favoritismo e ampliou a liderança depois de um aéreo muito bem executado. Foi dele, inclusive, a segunda melhor nota do dia, quando cravou um 9.0 em uma manobra aérea nas semifinais. Anunciada a vitória, a torcida correu para a água e carregou o campeão nos braços. "É irado ganhar em casa e dividir essa vitória com toda a nativada. Agradeço à toda torcida pelo apoio, à Rota do Mar pelo campeonato e ao Armando Diniz por todo o incentivo", exclamou o campeão da etapa e também do circuito na categoria.

Após a Open, chegou a vez dos veteranos da Grand Kahuna apresentarem um surf cheio de experiência. Numa bateria que só deu o Rio Grande do Norte, quem levou a melhor foi o Fernando Duarte, vencedor também do circuito, seguido de Edu Elias, Alemão e Betão.

Vencedores da etapa na Praia do Amor, na Pipa-RN

Infantil
Jurgen Marinho (RN)

Iniciante
Reginaldo Silva (PB)

Mirim
Victor Costa (RN)

Junior
Israel Junior (RN)

Feminino
Alessandra Ramos (RN)

Longboard
Leo Macedo (RN)

Senior
Tom da Pipa (RN)

Grand Kahuna
Fernando Duarte (RN)

Open
Rafael Joaquim (RN)

Pro
Elivelton Santos (PB)

Campeões do Circuito Rota do Mar Pro Surf 2015

Infantil
Jurgen Marinho (RN)

Mirim
Alexandre Camargo (CE)

Iniciante
Reginaldo Silva (PB)

Junior
Raul Bormann (RN)

Longboard
Romualdo Nascimento (PE)

Feminino
Ramayana Silveira (PE)

Senior
Isaías Silva (CE)

Grand Kahuna
Fernando Duarte (RN)

Open
Rafael Joaquim (RN)

Pro
Elivelton Santos (PB)

Veja as fotos.

Disputa pelo título aquece a terceira e última etapa do Circuito Dore Surf Kids

 Última etapa acontece dias 13 e 14 de dezembro em Ponta Negra

 O circuito conta com as categorias Kid (sub 8), Petit (sub 10), Grommet (sub 12), Iniciante (sub 14), Iniciante Feminino (sub 14), Mirim (sub 16), Junior (sub 18) e Pais. O campeonato é homologado pela Federação de Surf do Rio Grande do Norte (Fesurf/RN) e o atleta pode somar até 1.000 pontos no ranking estadual. Para a premiação desta última etapa já estão garantidos blocos Teccel para os primeiros colocados de todas as categorias, Kits recheados das lojas Ecológica, premiação especial do Açaí do Grilo para a Grilo Expression Session e troféu para todos os finalistas. Também vamos conhecer a premiação especial para os campeões do circuito em 2014.
 
Os atletas que não moram em Natal podem fazer a inscrição por meio de depósito bancário no valor de R$ 70,00 pelo Banco do Brasil, agência 1845-7, conta corrente 42630-x, em nome de Fernanda de Mello Zauli Sena.
 
O Circuito Dore Surf Kids 2014 tem o patrocínio da Prefeitura de Natal, Dore, Ecológica e Açaí do Grilo. Apoios Band, Mix FM, Açaí do Joca, Lino Surf Blanks, Penélope e Fesurf.
 
Inscrições podem ser feitas até dia 11 nas lojas Ecológica

Veja as fotos.

Circuito Dore Surf Kids tem dois campeões por antecipação

 

 
Circuito Dore Surf Kids tem dois campeões por antecipação
 
Com a realização da 2ª etapa Alysson Nascimento fica com o título da sub 8 e Mateus Sena com a sub 12
 
 
Mais um show de surf na praia de Ponta Negra, em Natal. Foi isso que se viu neste fim de semana durante a 2ª etapa do Circuito Dore Surf Kids que contou com a participação de atletas de Pernambuco e Ceará, além dos potiguares. Com transmissão ao vivo pela internet, o campeonato foi acompanhado até pelo surfista profissional Ítalo Ferreira que, além de assistir as baterias, mandou um recado para os competidores.
 
"Estou acompanhando o campeonato daqui do Hawai e está irado. Muito bom ver a garotada quebrando aí em Ponta Negra, esse é o futuro do surf potiguar. Boa sorte pra todos e vão com tudo galera", disse o atleta que recentemente se classificou para o WCT, a primeira divisão da elite do surf mundial.
 
"É um grande desafio manter um evento como esse e nós estamos muito satisfeitos com o resultado. Toda dedicação sempre vale a pena para dar oportunidade pra essa molecada mostrar o potencial de cada um", disse Eros Sena, organizador do evento.
 
Com a realização da segunda etapa, o Circuito já tem dois campeões por antecipação: Alysson Nascimento que venceu a categoria Kid (sub 8) na primeira etapa e repetiu o resultado na segunda, e Mateus Sena que também garantiu a primeira colocação nas duas etapas na categoria Grommet (sub 12).
 
O vencedor da categoria Petit (sub 10) foi o potiguar Fabrício Rocha que está na briga pelo título do Circuito com o paraibano Yure Barros. Na Iniciante (sub 14), Mateus Sena ficou com a primeira colocação e o cearense Lucas Bezerra em segundo lugar. O potiguar Arthur Alves venceu a Mirtim (sub 16) e ainda ficou com a segunda colocação na Junior (sub 18) que teve como grande campeão o local da praia de Ponta Negra Lucas Pires.
 
A categoria Pais mais uma vez ficou com o atleta Emanoel de Souza e teve Júnior Rocha na segunda colocação.
 
A terceira e última etapa do Circuito Dore Surf Kids acontece nos dias 13 e 14 de dezembro na praia de Ponta Negra.
 
 
 
Resultados
Kid (sub 8)
 
Alysson Nascimento (RN)
 
Gulherme Lemos (CE)
 
Victor Santos (RN)
 
Bernardo Vilanova (RN)
 
 
Petit (Sub 10)
 
Fabrício Rocha (RN)
 
Alysson Nascimento (RN)
 
Guilherme Lemos (CE)
 
Gabriel Nascimento (RN)
 
 
Grommet (sub 12)
 
Mateus Sena (RN)
 
Lucas Lisboa (PE)
 
Lucas Bezerra (CE)
 
Fabrício Rocha (RN)
 
 
Iniciante (sub 14)
 
Mateus Sena (RN)
 
Lucas Bezerra (CE)
 
Lucas Lisboa (PE)
 
Jhonatan Freitas (RN)
 
 
Mirim (sub 16)
 
Arthur Alves (RN)
 
Raul Borman (RN)
 
Emanoel Tobias (RN)
 
Victor Costa (RN)
 
 
Junior (sub 18)
 
Lucas Pires (RN)
 
Arthur Alves (RN)
 
Raul Borman (RN)
 
Victor Costa (RN)
 
 
Pais
 
Emanoel de Souza (RN)
 
Júnior Rocha (RN)
 
Raniery Adriano (RN)
 
Júnior Nascimento (RN)
 
 

Veja as fotos.

1º TORNEIO DE BEACH TENNIS SESI/NATAL

  Neste fim de semana o SESI CLUBE foi palco 

de mais um evento de Beach tennis,o 1º torneio
de Beach Tennis Sesi/Natal.
 Mais de 70 atletas estiveram nas quadras,
presença marcante dos Paraibano.
 O organizador Jorge Onorato já pensa em fazer
a próxima etapa,falta só definir as datas.

Veja as fotos.

Victor Costa e sensação na praia de Ponta Negra

Victor Santos- surfista

O surfista infantil Victor Santos, com apenas 04 anos,
vem chamando atenção dos banhistas que passam pela
praia de Ponta Negra em Natal.
Determinado a ser um surfista, Victor chama seu pai
Marcel Soares para surfar todos os dias. Marcel reclama
que o garoto nao cansa, quer ficar o tempo todo na água.
  Filho de paulista com mãe pernambucana, Victor Santos
já garantiu um terceiro lugar em um campeonato na praia da 
Pipa-RN, e quer participar de todos os campeonatos que tenhamsua categoria.
Incentivado por um ídolo, Fabricio Rocha, os dois se divertem
e brincam muito nas ondas, mas com surfar de gente grande.
É a geração potiguar em evolução. Boa sorte e sucesso.
 

Veja as fotos.

Ponta Negra surf

Black Point Guys I é o primeiro vídeo de surf de uma série que promete não ter fim. Isso mesmo! Esse é o primeiro capítulo de uma história sem fim, sem pé nem cabeça, mas que faz todo sentido quanto o assunto é surf.
O episódio de hoje tem aproximadamente 10 minutos de muito surf em alta performance de atletas como Victor Costa - atual campeão nordestino sub 14. Mateus Sena de apenas 11 anos e que também já coleciona títulos pelo Nordeste. Presença também do master Junior Rocha que é ex-surfista profissional, os profissionais Jackson Silva e Gilvanilta Ferreira.
E ainda os free surfers Daniel Silva e Caio Bandeira, o mirim (sub 16) Emanoel Tobias e o júnior (sub 18) Lucas Pires. Todos residentes da praia de Ponta Negra, em Natal, no Rio Grande do Norte.
Essa praia já mandou 4 surfistas para a elite do surf mundial - Joca Junior, Danilo Costa, Marcelo Nunes e atualmente tem Jadson André como seu representante. Há algo de especial nessas ondas e vamos descobrir isso juntos!
Os vídeos vão mostrar as performances desses e outros surfistas de diversas gerações dos Black Point Guys e toda atmosfera surf que envolve nossa praia.
Os vídeos serão todos gravados e editados pela Surftv Brasil. Curtam o primeiro filme e aguardem por novidades!
por: Eros Sena

Veja as fotos.

3°Campeonato de kitesurf de Macau

    A cidade do sol e do sal,Macau situada ha 180 km ao norte da capital Natal promoveu o 3°campeonato de kitesurf de Macau neste ultimo domingo dia 24/11/2013 na praia de Camapum. o evento teve participação de atletas de natal,Pirangi e macau. ventos fortes com mais de 20knos e cenário perfeito proporcionou bons momentos para os atletas que participaram da kite regata,liderando de ponta a ponta as três baterias o atleta Jr Farinha como e conhecido brincou com o segundo lugar sales ao cruzar a boia de chegada na categoria avançada.na categoria amador Murilo ficou em primeiro,Naldinho segundo, Pedro terceiro e mano em quarto.

Veja as fotos.

JADSON ANDRÉ VENCE O CASCAIS PRO E VOLTA À ELITE MUNDIAL

 JADSON ANDRÉ VENCE O CASCAIS PRO E VOLTA À ELITE MUNDIAL

 
O potiguar Jadson André venceu o Cascais Billabong Pro em ondas de um metrão na Praia de Carcavelos,
 e deverá estar de volta ao WCT no ano que vem, de acordo com o seu saldo de pontos.
 
Jadson André, campeão do Cascais Pro 2013 em Portugal - foto: ASP/MasurelMitch Crews (AUS)
 no Billabong Pro Cascais 2013 - foto: ASPJadson Andre (RN) no Billabong Pro Cascais 2013 - foto: ASP
Jadson deve também ser confirmado na elite mundial de 2014, 
faltando apenas dois eventos no Hawaii para fechar o One Ranking de 2013 da ASP.
O Cascais Billabong Pro, evento Prime da ASP,
 foi o último dos três eventos disputados em ondas portuguesas,
 também deu ao australiano Adam Melling, um prêmio de US$ 50 mil.
 Além do francês Jeremy Flores, que foi o campeão europeu de 2013.
 
Na final em Carcavelos, Jadson Andre bateu o americano Conner Coffin.
 Jadson levou o título com direito a uma nota 10 após pegar uma esquerda
 e achar um tubo profundo e longo de frontside.
 O potiguar levou mais 6.500 pontos pela vitória e agora ocupa a 15ª colocação do ranking,
 com 17.750 pontos.
"Isso foi incrível, Portugal é um lugar muito especial para mim.
 Eu fui campeão mundial da ISA aqui, quando me qualifiquei em 2009 eu tive 100% de certeza após
 os Açores e agora eu estava precisando de um grande resultado e a vitória aqui foi muito importante novamente.
 Venho treinando muito, trabalhando e testando muitas pranchas, então ganhar esse evento é um momento especial.
Eu me sinto aliviado mais do que eu possa explicar. Há ainda dois eventos para correr no Hawaii,
 e sei que estou muito perto, mas eu não quero falar muito. Eu quero ir para o Hawaii e tentar surfar o meu melhor.
 Eu fiz a minha meta para o ano, que era ir para lá sem a necessidade um grande resultado", disse Jadson.
Apesar de Jadson não dizer que a vaga está garantida, 
segundo João Carvalho ele já está confirmado de volta ao WCT pelo ranking de qualificação, 
assim como o catarinense Alejo Muniz, que já pertence à elite,
 mas está conseguindo a classificação pelo ASP One Ranking.
Jadson já ultrapassou os 16 mil pontos, e os adversários mais próximos já estão garantidos pelo ranking principal, 
portanto a vaga é de Jadson.   
Gabriel Medina e Krystian Kymmerson, que pararam no round de 16, finalizaram o evento ambos na 9ª colocação.
 
FINAL DO CASCAIS BILLABONG PRO
1 – Jadson André (BRA) 16.50
2 – Conner Coffin (EUA) 7.10
 
Semifinais:
SF1: Conner Coffin (EUA) 13.34 x 13.20 Carlos Muñoz (CRI)
SF2: Jadson André (BRA) 14.14 x 9.44 Jeremy Flores (FRA)
 
Quartas de final:
QF1: Carlos Munoz (CRI) 16.57 x 8.23 Mitch Crews (AUS)
QF2: Conner Coffin (EUA) 14.43 x 13.66 Jonathan Gonzalez (CNY)
QF3: Jadson Andre (BRA) 13.67 x 8.44 Granger Larsen (HAW)
QF4: Jeremy Flores (FRA) 16.43 x 11.50 Adam Melling (AUS)
 
Round de 16:
B1: Carlos Muñoz (CRI) 15.17 x 6.60 Bede Durbidge (AUS)
B2: Mitch Crews (AUS) 12.76 x 12.20 Gabriel Medina (BRA)
B3: Jonathan Gonzalez (CNY) 10.67 x 9.10 Maxime Huscenot (FRA)
B4: Conner Coffin (EUA) 16.40 x 14.94 C.J Hobgood (EUA)
B5: Jadson André (BRA) 12.57 x 9.70 Wade Carmichael (AUS)
B6: Granger Larsen (HAW) 14.17 x 9.83 Kiron Jabour (HAW)
B7: Adam Melling (AUS) 16.67 x 9.26 Krystian Kymerson (BRA)
B8: Jeremy Flores (FRA) 14.30 x 12.24 Travis Logie (AFS)
 

Veja as fotos.

1º Festival de surf Detonação, na Praia de Tabatinga, litoral sul-RN

Veja as fotos.

2º etapa do Dore surf kids em ponta negra

 Surfistas potiguares dominam segunda etapa do Circuito Surf Kids

 
A 2ª etapa do Circuito Dore Surf Kids que aconteceu neste fim de semana na praia de Ponta Negra, em Natal, foi um verdadeiro show de surf, com destaque para os potiguares que levaram quatro das oito categorias. Mateus Sena (sub 12), Emanoel Tobias (sub 16), Israel Junior (sub 18) e Almeida Junior (Pais) conquistaram os primeiros lugares em casa.
Os irmãos paraibanos Wilinik Silva e Yuri Silva conquistaram a vitória nas categorias Iniciante (sub 14) e Kids (sub 8) respectivamente. Vitória em família também nas categorias Petit (sub 10) e Iniciante Feminino (sub 14) que ficaram com os irmãos cearenses Cauã Costa e Yanca Costa.
O atleta paraibano Elivelton Santos, de Baía da Traição, levou a premiação pela maior nota do campeonato, um 8,75 ma semi-final da categoria Junior. A expression session sub 12 ficou com o cearense Cauã Costa e a sub 16 com o potiguar Emanoel Tobias. "O campeonato foi irado, muito organizado e com ótima premiação. É importante uma iniciativa como essa para valorizar o surf e incentivar os atletas", disse o atleta potiguar Emanoel Tobias.
A competição contou ainda com atletas de Pernambuco, Maranhão e Alagoas. “Eu estou muito satisfeito por fazer parte desse evento dentro e fora d'água. É muito legal ver a festa dessa garotada nas ondas e poder contribuir para a realização desse circuito”, disse Marcel Dore, um dos patrocinadores do evento.
O secretário de Esportes de Natal, Eduardo Machado, mais uma vez esteve no campeonato e reafirmou o compromisso de manter o circuito no próximo ano. “Eventos como esse que incentivam as crianças no esporte são muito importantes e precisam continuar. Por isso eu reafirmo que esse circuito já faz parte do calendário da Prefeitura de Natal e nós continuaremos apoiando essa inciativa que é um sucesso”, disse o secretário.
 
Confira os resultados
 
Kid (sub 8)
Yuri Silva (PB)
João Emanoel (RN)
Louie Vieira (PE)
Juan Martin (RN)
 
Petit (sub 10)
Cauã Costa (CE)
Vitória Rodrigues (RN)
Kauã Hansom (PB)
Fabrício Rocha (RN)
 
Grommets (sub 12)
Mateus Sena (RN)
Cauã Costa (CE)
Derick Victor (RN)
Wellinton Reis (AL)
 
Iniciante
Wilinik Silba (PB)
Wellington Reis (AL)
Thiago Eduardo (CE)
Thomas Carvalho (RN)
 
Iniciante Feminino
Yanca Costa (CE)
Letícia Cavalcante (CE)
Giovana Vitória (RN)
Vitória Rodrigues (RN)
 
Mirim
Emanoel Tobias (RN)
Israel Junior (RN)
Yago Silva (RN)
Leonardo Santos (RN)
 
Junior
Israel Junior (RN)
Elivelton Santos (PB)
Emanoel Tobias (RN)
Jackson Rodrigues (RN)
 
Pais
Almeida Junior (RN)
Baby Dantas (RN)
Eros Sena (RN)
Junior Nascimento (RN)
 

Veja as fotos.

Fabricio Rocha vence em Pernanbuco

 

Texto: Chico Padilha
Foto: Fabriciano Junior

Fabricio Rocha vence na PETIT do Cyclone/Bali Pernambuco de Surf 2013

Completando quinze anos da primeira prancha sem bico e de quilha partida, o surfista de Ipojuca Júnior “Lagosta” dominou em notas os dois dias da categoria profissional na segunda etapa do Cyclone Bali Pernambucano de Surf realizada este fim de semana de abertura do “Porto de Galinhas Surf Festival” na Praia do Cupe em Ipojuca.

Mas se no sábado a nota 9,83 não garantiu a primeira colocação em médias (soma das duas melhores) rumo à fase dois, no entanto a maior a nota do domingo, o dez unânime, elevou seu total a 15,83 pontos no minuto final de retorno definitivo ao primeiro lugar que pouco antes passara ao potiguar Alan Jhones (15,27) e antes foi dos outros pernambucanos finalistas Alan Donato (14,90) e Luel Felipe (14.54), terceiro e quarto na prova onde a ponta da temporada estadual passou a Antônio Júnior, o campeão Lagosta, com 1360 pontos no ranking.

Surfistas de Pernambuco conquistaram também três divisões de base e a categoria Longboard, mas o início das finais foi com as divisões mais novas Petit (Sub 10) e Iniciantes, vencidas respectivamente pelos potiguares Fabrício Rocha e Dayvson Santos mesmo frente a trios pernambucanos, o que não se repetiu quando Chayane Silva coadjuvou as paraibanas Yorrana Borges, campeã, Edjane Oliveira, vice, e Rayssa Fernandes, terceira.

Saulo Carvalho, nascido na pernambucana Timbaúba e radicado há muito no litoral norte paraibano, garantiu os títulos da Senior e Master, para os acima de vinte e oito e trinta e cinco anos.

5 vezes Pernambuco
A reação pernambucana começou nos pranchões do Longboard, decisão cem por cento estadual com Romualdo Nascimento superando por pouco Caio Costa, vice, o terceiro Luiz Duarte e o veterano Ray Farias, quarto colocado que começou a surfar inspirado nos filhos, um deles Gabriel Farias o atual campeão brasileiro Júnior, que nessa categoria Sub 18 venceu, também de virada, nos instantes finais ao paraibano Elivelton Santos, vitória repetida a seguir na Open (Qualquer idade) com “Biel’ Farias atingindo 16,5 na soma e deixando em segundo Rafael Joaquim um dos dois potiguares na final em que Elivelton foi terceiro e o veterano Emanoel de Sousa levou quarto lugar para Natal.

Outra vitória pernambucana foi na Mirim (Sub 16) através de Raul Jorge Borman, com seu novo líder Douglas José repetindo o vice da abertura em Fernando de Noronha, onde o terceiro foi André Labanca novo vice-líder e quarto nesta etapa atrás do potiguar terceiro Arthur Alves, colocações mirins que repetiram as da profissional almejada por eles, a exemplo do desejo do campeão profissional Júnior Lagosta quando do difícil e distante início em Serrambi há quinze anos, tempo de surf marcado esse final de semana por sua vitória e pela anunciada reconciliação dos pais Antônio e Elineuda após dez anos, o que, graças a presença deles, aumentou ainda mais sua torcida na praia do Cupe.

O Cyclone/Bali de Surf Pernambucano 2013, em sua segunda etapa no fim de semana 25 e 26 de maio, foi realizado na Praia do Cupe, Porto de Galinhas, Ipojuca, Pernambuco, tendo copatrocínio da Prefeitura de Ipojuca, Governo de Pernambuco/Secretaria dos Esportes, com pranchas +Surf, blocos Teccel, divulgação Transamérica 92,7, Cobertura Canais ESPN e Woohoo sendo realização Associação Nordestina de Surf (ANS) com Federação Pernambucana de Surf (FESURFPE).

Profissional
1º Junior Lagosta PE 15.83 
2º Alan Jhones RN 15.27 
3º Alan Donato PE 14.90 
4º Luel Felipe - PE 14,54

Open
1º Gabriel Farias - PE 16.50
2º Rafael Joaquim RN 14.34 
3º Elivelton Santos - PB 13.50
4º Emanoel de Souza RN 12.50

Feminino
1ª Yorrana Borges PB 10.73 
2ª Edjane Oliveira PB 10.03 
3ª Rayssa Fernandes PB 9.17 
4ª Chayanne Silva PE 7.23 

Iniciante
1º Dayvson Santos RN 10.90
2º Cauã Nunes PE 9.93
3º Erick Chalaça PE 6,50
4º Anuzinho Chalaça PE 6,34

Mirim
1º Raul Jorge(PE) 11.20
2º Douglas José PE 10.57
3º Arthur Alves (RN) 9,93
4º André Labanca (PE) 8.57

Júnior
1º Gabriel Farias PE 14.10
2º Elivelton Santos PB 13.23
3º Thiago Silva PE 11.50
4º Janninfer de Souza CE 8.47

Master
1º Saulo Carvalho PB 12.37
2º Paulo Germano PB 11.00
3º Fábio Quencas PE 9.84
4º André Barros PE 6,80

Senior
1º Saulo Carvalho PB 14.67 
2º Emanoel de Souza RN 11.40 
3º Anderson Cabeça PE 9.60 
4º Paulo Germano PB 8.00

Petit Sub 10
1º Fabrício Rocha - RN 16.43
2º Kauan Hanson - PB 8.66
3º Jonathan Rafael - PE 4.40
4º Alex do Carmo - PE 0,00

Longboard
1º Romualdo Nascimento PE 11.60
2º Caio Santos PE 11.00
3º Luis Duarte(PE) 6.00
4º Ray Farias PE 3.23

 

Veja as fotos.

DORE SURF KIDS 2013 EM PONTA NEGRA

 

Oitenta e dois atletas participaram da 1ª etapa do Circuito Dore Surf Kids que aconteceu neste fim de semana, na praia de Ponta Negra, em Natal. Potiguares, paraibanos e cearenses se revezaram no primeiro lugar do pódium, mas os cearenses roubaram a cena e venceram quatro das oito categorias do campeonato.

O evento foi um sucesso de público e organização e contou com a presença do secretário municipal de esportes, Eduardo Machado, que declarou que, a partir do próximo ano, o Circuito Surf Kids entra para o calendário oficial da Prefeitura de Natal.

"Esse campeonato me surpreendeu positivamente e é papel da secretaria de esportes investir em projetos como esse, por esta razão eu vou incluir esse evento no calendário oficial da prefeitura de Natal a partir de 2014", disse o secretário.

Show de surf
Os atletas presentes no evento deram um show de surf nas águas de Ponta Negra. Os cearenses levaram para casa a vitória nas categorias Petit (sub 10) com o atleta Cauã Costa; Grommets (sub 12) que teve como vencedor Thiago Eduardo; Iniciante Feminino (sub 14) com Yanca Costa; e Mirim (sub 16) com Jannifer de Souza.

Na categoria Kids (sub 8), o grande vencedor foi o paraibano Yuri Silva. O potiguar Victor Costa levou a melhor na categoria Iniciante (sub 14). Na categoria Junior (sub18) a vitória foi do paraibano Elivelton Santos, que deixou os potiguares Lucas Pires, Arthur Alves e Emanoel Tobias na segunda, terceira e quarta colocação respectivamente.

A final da categoria Pais foi formada pelos potiguares Baby Dantas, Everton Martins, Almeida Junior, e Emanoel de Souza, que levou a primeira colocação.

Premiação Extra
A 1ª etapa do Circuito Dore Surf Kids contou também com premiações extras nas Expressions Sessions. Na sub 12 a vitória ficou o potiguar Mateus Sena, e na sub 16 com Israel Junior, atleta da praia de Baía Formosa. A premiação de melhor onda do campeonato foi para o paraibano Elivelto Santos que tirou um 10 ao acertar dois bons aéreos em uma única onda, o último deles um 'super man'.

-- 
Fernanda Zauli
Jornalista 
+55 84 9661.7755
Twitter: @fernandazauli
 

Veja as fotos.

adriano de souza

por João carvalho

Um dia histórico para os brasileiros no ASP World Tour na 
segunda-feira de boas ondas de 4-6 pés em Bells Beach.
 Os paulistas Adriano de Souza, Filipe Toledo e o
 catarinense Willian Cardoso, passaram para as 
quartas de final do Rip Curl Pro, mas o “Brazilian Day” 
na Austrália começou com as vitórias contra 
os melhores do mundo no início do dia. 
Willian Cardoso eliminou o maior ídolo do esporte,
 Kelly Slater, no terceiro duelo da segunda-feira. 
E no quarto, o defensor do título mundial, Joel Parkinson,
 ganhou a primeira nota 10 do campeonato e mesmo assim foi batido 
pelo carioca Raoni Monteiro, que estabeleceu um novo
 recorde de 19,10 pontos de 20 possíveis para o Rip Curl Pro 2013.
Foi a segunda maior marca do ano, 
só não superando os 19,37 de Kelly Slater nas semifinais 
do Quiksilver Pro Gold Coast nos tubos de Kirra Point, 
também na Austrália. Raoni depois perdeu para
 Adriano de Souza na primeira rodada classificatória 
para as quartas de final. E na repescagem, acabou 
saindo da competição em uma bateria fraca de ondas na 
maré cheia em Bells Beach. Ele chegou até a tirar
 a maior nota da bateria (9,0), mas, na soma das duas computadas,
 Mick Fanning levou a melhor por 16.37 x 14.63 para seguir 
defendendo o título do Rip Curl Pro na Austrália.
O australiano será o adversário de Mineirinho na 
terceira bateria das quartas de final, que ficaram para abrir
 o último dia da segunda etapa do ASP Tour 2013, que ainda 
tem prazo até o próximo domingo para ser encerrado em Bells Beach.
 Adriano de Souza também passou a aparecer na lista dos maiores 
placares do ano na segunda-feira, com os 18,67 pontos da vitória 
sobre o norte-americano Kolohe Andino na terceira fase. Depois 
passou direto para as quartas de final, mandando Raoni Monteiro
 e C. J. Hobgood pra repescagem.ÚNICO INVICTO – É do Brasil 
também o único invicto do campeonato, Willian Cardoso. O catarinense,
 que está substituindo o contundido Miguel Pupo nas etapas do WCT na Austrália,
 começou o dia despachando o maior fenômeno do esporte, Kelly Slater,
 por 16.66 a 14.96 pontos em um mar com ótimas ondas em Bells Beach.
 E na quarta fase, confirmou a classificação direta para as 
quartas de final na última onda que surfou para virar o resultado 
para 16,50 a 16,40 sobre Josh Kerr, com o também australiano
 Adrian Buchan ficando em último com 16,00 pontos.
O adversário de Willian Cardoso na segunda quarta de final
 é o jovem norte-americano Nat Young, que igualmente no último 
minuto eliminou Josh Kerr na repescagem. Outro estreante na 
elite dos top-34 do WCT é o paulista Filipe Toledo, 
que usou os aéreos para atropelar o campeão mundial de 2001,
 C. J. Hobgood, no último duelo do dia por 18,34 a 12,94 pontos. 
A outra vitória dele na segunda-feira foi no confronto
 verde-amarelo com Gabriel Medina na terceira fase.
 Depois foi batido pelo sul-africano Jordy Smith, 
que ele vai voltar a enfrentar nas quartas de final.
BRAZILIAN DAY – Os locutores da transmissão ao vivo do 
evento pela internet, começaram a segunda-feira falando 
sobre o “Brazilian Storm”, termo utilizado pela mídia internacional
 para destacar a força da nova geração do time verde-amarelo no WCT.
 Mas, conforme os ótimos resultados iam aparecendo, passaram a chamar
 a segunda-feira de “Brazilian Day”. A comprovação disso é que 
entre os oito finalistas, o Brasil tem o mesmo número de três surfistas da Austrália,
 com um norte-americano e um sul-africano completando a lista dos candidatos ao título em Bells.
A primeira vaga nas semifinais será disputada por dois australianos,
 Taj Burrow e Kai Otton. A segunda pelo americano Nat Young e o
 catarinense Willian Cardoso. Na chave de baixo, que define o segundo finalista,
 o defensor do título do Rip Curl Pro, Mick Fanning,
 enfrenta Adriano de Souza e na última quarta de final
 tem Jordy Smith contra Filipe Toledo. 
A primeira chamada da terça-feira foi marcada para as 7:30 horas, 
com provável início as 8:00 horas na Austrália, 6 da tarde pelo horário de Brasília.
QUARTAS DE FINAL DO RIP CURL PRO BELLS BEACH:
1.a: Taj Burrow (AUS) x Kai Otton (AUS)
2.a: Nat Young (EUA) x Willian Cardoso (BRA)
3.a: Mick Fanning (AUS) x Adriano de Souza (BRA)
4.a: Jordy Smith (AFR) x Filipe Toledo (BRA)
QUINTA FASE – REPESCAGEM – Vitória=Quartas de Final / Derrota=9.o lugar – US$ 12.000 e 4.000 pontos:
1.a: Taj Burrow (AUS) 16.23 x 15.33 Adrian Buchan (AUS)
2.a: Nat Young (EUA) 15.50 x 15.13 Josh Kerr (AUS)
3.a: Mick Fanning (AUS) 16.37 x 14.63 Raoni Monteiro (BRA)
4.a: Filipe Toledo (BRA) 18.34 x 12.94 C. J. Hobgood (EUA)
QUARTA FASE – Vitória=Quartas de Final / 2.o e 3.o=Repescagem:
1.a: 1-Kai Otton (AUS)=15.87, 2-Taj Burrow (AUS)=11.03, 3-Nat Young (EUA)=10.36
2.a: 1-Willian Cardoso (BRA)=16.50, 2-Josh Kerr (AUS)=16.40, 3-Adrian Buchan (AUS)=16.00
3.a: 1-Adriano de Souza (BRA)=15.60, 2-Raoni Monteiro (BRA)=12.97, 3-C. J. Hobgood (EUA)=11.70
4.a: 1-Jordy Smith (AFR)=19.10, 2-Filipe Toledo (BRA)=17.67, 3-Mick Fanning (AUS)=17.03
TERCEIRA FASE – 13.o lugar – US$ 9.000 e 1.750 pontos:
———baterias que fecharam o domingo:
1.a: Taj Burrow (AUS) 16.33 x 10.27 Dusty Payne (HAV)
2.a: Kai Otton (AUS) 14.67 x 14.23 Jeremy Flores (FRA)
3.a: Nat Young (EUA) 12.50 x 10.50 Julian Wilson (AUS)
———abriram a segunda-feira:
4.a: Josh Kerr (AUS) 16.50 x 14.17 Sebastian Zietz (HAV)
5.a: Adrian Buchan (AUS) 17.47 x 17.16 Bede Durbidge (AUS)
6.a: Willian Cardoso (BRA) 16.66 x 14.96 Kelly Slater (EUA)
7.a: Raoni Monteiro (BRA) 19.17 x 19.10 Joel Parkinson (AUS)
8.a: C. J. Hobgood (EUA) 18.06 x 17.74 Damien Hobgood (EUA)
9.a: Adriano de Souza (BRA) 18.67 x 16.00 Kolohe Andino (EUA)
10: Filipe Toledo (BRA) 15.10 x 14.56 Gabriel Medina (BRA)
11: Jordy Smith (AFR) 18.27 x 10.60 Alejo Muniz (BRA)
12: Mick Fanning (AUS) 18.50 x 14.73 Tiago Pires (PRT)
 

 

Veja as fotos.

1 | 2 | 3 | 4
Copyright © 2012 - Rogério Vital - Todos os direitos reservados