Rogério Vital
+55 84 9985.0823
foto@rogeriovital.com.br

JADSON ANDRÉ VENCE O CASCAIS PRO E VOLTA À ELITE MUNDIAL

 JADSON ANDRÉ VENCE O CASCAIS PRO E VOLTA À ELITE MUNDIAL

 
O potiguar Jadson André venceu o Cascais Billabong Pro em ondas de um metrão na Praia de Carcavelos,
 e deverá estar de volta ao WCT no ano que vem, de acordo com o seu saldo de pontos.
 
Jadson André, campeão do Cascais Pro 2013 em Portugal - foto: ASP/MasurelMitch Crews (AUS)
 no Billabong Pro Cascais 2013 - foto: ASPJadson Andre (RN) no Billabong Pro Cascais 2013 - foto: ASP
Jadson deve também ser confirmado na elite mundial de 2014, 
faltando apenas dois eventos no Hawaii para fechar o One Ranking de 2013 da ASP.
O Cascais Billabong Pro, evento Prime da ASP,
 foi o último dos três eventos disputados em ondas portuguesas,
 também deu ao australiano Adam Melling, um prêmio de US$ 50 mil.
 Além do francês Jeremy Flores, que foi o campeão europeu de 2013.
 
Na final em Carcavelos, Jadson Andre bateu o americano Conner Coffin.
 Jadson levou o título com direito a uma nota 10 após pegar uma esquerda
 e achar um tubo profundo e longo de frontside.
 O potiguar levou mais 6.500 pontos pela vitória e agora ocupa a 15ª colocação do ranking,
 com 17.750 pontos.
"Isso foi incrível, Portugal é um lugar muito especial para mim.
 Eu fui campeão mundial da ISA aqui, quando me qualifiquei em 2009 eu tive 100% de certeza após
 os Açores e agora eu estava precisando de um grande resultado e a vitória aqui foi muito importante novamente.
 Venho treinando muito, trabalhando e testando muitas pranchas, então ganhar esse evento é um momento especial.
Eu me sinto aliviado mais do que eu possa explicar. Há ainda dois eventos para correr no Hawaii,
 e sei que estou muito perto, mas eu não quero falar muito. Eu quero ir para o Hawaii e tentar surfar o meu melhor.
 Eu fiz a minha meta para o ano, que era ir para lá sem a necessidade um grande resultado", disse Jadson.
Apesar de Jadson não dizer que a vaga está garantida, 
segundo João Carvalho ele já está confirmado de volta ao WCT pelo ranking de qualificação, 
assim como o catarinense Alejo Muniz, que já pertence à elite,
 mas está conseguindo a classificação pelo ASP One Ranking.
Jadson já ultrapassou os 16 mil pontos, e os adversários mais próximos já estão garantidos pelo ranking principal, 
portanto a vaga é de Jadson.   
Gabriel Medina e Krystian Kymmerson, que pararam no round de 16, finalizaram o evento ambos na 9ª colocação.
 
FINAL DO CASCAIS BILLABONG PRO
1 – Jadson André (BRA) 16.50
2 – Conner Coffin (EUA) 7.10
 
Semifinais:
SF1: Conner Coffin (EUA) 13.34 x 13.20 Carlos Muñoz (CRI)
SF2: Jadson André (BRA) 14.14 x 9.44 Jeremy Flores (FRA)
 
Quartas de final:
QF1: Carlos Munoz (CRI) 16.57 x 8.23 Mitch Crews (AUS)
QF2: Conner Coffin (EUA) 14.43 x 13.66 Jonathan Gonzalez (CNY)
QF3: Jadson Andre (BRA) 13.67 x 8.44 Granger Larsen (HAW)
QF4: Jeremy Flores (FRA) 16.43 x 11.50 Adam Melling (AUS)
 
Round de 16:
B1: Carlos Muñoz (CRI) 15.17 x 6.60 Bede Durbidge (AUS)
B2: Mitch Crews (AUS) 12.76 x 12.20 Gabriel Medina (BRA)
B3: Jonathan Gonzalez (CNY) 10.67 x 9.10 Maxime Huscenot (FRA)
B4: Conner Coffin (EUA) 16.40 x 14.94 C.J Hobgood (EUA)
B5: Jadson André (BRA) 12.57 x 9.70 Wade Carmichael (AUS)
B6: Granger Larsen (HAW) 14.17 x 9.83 Kiron Jabour (HAW)
B7: Adam Melling (AUS) 16.67 x 9.26 Krystian Kymerson (BRA)
B8: Jeremy Flores (FRA) 14.30 x 12.24 Travis Logie (AFS)
 



Copyright © 2012 - Rogério Vital - Todos os direitos reservados